Logo Guia JeansWear

Selecione seu idioma

Notícias

02/03/16 09:50

HOMENAGEM

A importância da assinatura de Herchcovitch para o jeans nacional

A importância da assinatura de Herchcovitch para o jeans nacionalCada estilista brasileiro que se eleva ao patamar internacional, consta como um patrimônio imensurável para a moda brasileira. E justamente por isso, na semana passada o público profissional relacionado a área custou a acreditar no comunicado de desligamento de Alexandre Herchcovitch de sua própria marca.

Com Herchcovitch assistimos ao surgimento de um designer brasileiro que provou por A mais B que moda é negócio, estratégia, decisão e foco - e não apenas inspiração criadora. Alexandre transitou com traquejo entre passarelas de Nova Iorque, mercados japoneses e horários nobres globais. Felizmente são muitos os nomes atuais que colaboram na tarefa de elevar o line-up brasileiro ao nível da influência. No entanto a trajetória do paulista em sua grife, ou mesmo nas atuações adjacentes conferidas à marcas como Ellus e Zoomp merece ser destacada, pela contribuição conferida ao cenário nacional, em especial ao mercado denim.

Como exemplo mais recente, temos a parceria realizada pelo estilista em 2013 e apresentada em Nova Iorque no evento Be Brasil, juntamente com a Rhodia e a Canatiba, ocasião em que o designer lançou sua primeira coleção de jeans tecnológico confeccionado com o Emana® Denim. Com a iniciativa, Herchcovitch colocou antecipadamente em evidência uma tendência mundial para o mercado jeanswear: o acréscimo de funções tecnológicas no denim, como oportunidade para elevar qualquer produto confeccionado no material para além do valor do mero estilo. E o melhor de tudo, é que Alexandre levou junto com esse pioneirismo a imagem do mercado índigo nacional, colocando para o mundo a diversidade do território brasileiro, na medida em que sua assinatura sempre manteve uma pegada estruturada e underground.

A mesma coleção foi apresentada oficialmente no mesmo ano no Fashion Rio, mas o designer continuou adotando o material: um ano depois, em 2014, Herchcovitch retornaria a parceria com a Ellus - colocando em evidência o valor de um co-branding dentro de um grupo de moda como uma estratégia para impulsionar os negócios”. O resultado da iniciativa foi um mix formado por 70 modelos de moletons, camisetas e jeans com emana - reforçando a visão direcional do designer em propôr interpretações ao denim que superassem a tarefa de simplesmente vestir.

Em 2008, o brasileiro vendeu sua companhia para o grupo de moda Inbrands, que é também proprietário de lojas como Ellus, Salinas e VR. Nesse período, ele continuou sendo o diretor criativo da marca até o dezembro do ano passado, quando o contrato acabou e não foi renovado. Atualmente, tem quatro lojas próprias, desenha modelos exclusivos em seu ateliê, exporta a linha jeanswear para os Estados Unidos e Reino Unido.

Em 2015, o estilista deixou junto com a sua assinatura conferida ao denim, a imagem de jovens senhoras poderosas e femininas, usando longos sobretudos em índigo, mencionando com antecedência a imagem do empoderamento feminino que hoje está tão em alta. Ainda veremos muito do seu talento em futuras contribuições que o designer certamente acrescentará para a moda nacional, porém deixamos aqui, uma modesta galeria reconhecendo o valor do nome de Alexandre Herchcovitch, como um importante veículo que elevou a moda brasileira ao patamar internacional, em um discurso consistente, focado e profissional.

Fonte | Assinatura: VIVIAN DAVID | FOTOS: REPRODUÇÃO

Fotos

Versão para Impressão
Enviar para um amigo
FaceBook
Twitter
 
Versão para Impressão
Enviar para um amigo

OK
Notícias Mais Recentes

Publicidade





Guia JeansWear Copyright 2005 - 2014. Todos os direitos reservados.